História



1966 – DEZEMBRO
– Construídos os dois primeiros campos num terreno com entrada pelo nº 27, da antiga Rua Fábrica de Salgueiros.

1968 – JANEIRO – Fundação do Clube de Ténis do Porto, por meio de despacho publicado no D.G. nº 58/3ª.

1970/1971 – Desenvolvimento progressivo da actividade do ténis, com a construção de mais três campos e a contratação de um treinador estrangeiro – o australiano Richard Howes – para dirigir as escolas juvenis do Clube. Em 27 de Março de 1971 um desses campos foi coberto com uma estrutura metálica “Handy” – o primeiro de terra batida em Portugal, com iluminação para a prática nocturna do ténis.

1972 – O Clube de Ténis do Porto é considerado como o melhor complexo de ténis a nível nacional, com as melhores escolas de ténis no escalão de juvenis. Fomentava-se assim o ténis, nas camadas jovens, por meio da democratização da modalidade.

1981 – Inauguração de uma cobertura insuflada abrangendo 2 campos.

1982 – Assinado um Protocolo com a Câmara Municipal do Porto, tendo em vista a mudança das instalações da antiga Rua da Fábrica de Salgueiros para os terrenos anexos à Rua Damião de Góis, por motivo da perspectiva da abertura desta nova rua.

1983 – OUTUBRO – Transferência das instalações. Existiam apenas 4 campos descobertos em terra batida. Beneficiação destes campos e instalados os sistemas de iluminação. Havia ainda dois pequenos módulos pré-fabricados em madeira, destinados à Sede Social e balneários. Vedação, em muro de alvenaria, de todo o complexo. Transferência, por recuperação das estruturas, do Pavilhão Metálico Handy para cobrir um desses campos existentes e que foi posteriormente desactivado em Maio de 94, por motivos de corrosão. Montagem da cobertura insuflada em dois campos do topo Norte, também desactivada em Julho de 1993, por degradação dos materiais.

1984 – Iniciada terraplanagem e fundações para a construção de um pavilhão para dois campos, concluído em 1986.

1987 – FEVEREIRO – Início e construção de um “Court Central”, circundado por bancadas em betão armado com o patrocínio da SOGRAPE. Inaugurado em dois de Maio.

1988 – Remodelação e ampliação da Sede Social.

1993 – JANEIRO – Início dos trabalhos para a construção de Novo Pavilhão, para mais dois campos cobertos. Concluído em Dezembro de 1999.

1998 – OUTUBRO – Acordo de cedência para uso exclusivo do CTP e do Centro Cultural e Desportivo da Câmara Municipal do Porto, da via de acesso comum, para aparcamento de viaturas e uso de peões destas duas entidades.
1999 – MARÇO – Assinatura da escritura definitiva de cedência de uma parcela de terrenos que a Câmara Municipal do Porto fez ao Clube (actuais instalações desportivas e sociais).

2002 – Nova remodelação da Sede Social com abrangência especial nas áreas da Secretaria, Sala da Direcção e Bar.

2003 – 18 JANEIRO – Inauguração e entrada em funcionamento de novos balneários, health-club e ginásio.

2004 – 27 MARÇO – Inauguração de 2 campos de mini-ténis em relva sintética e de uma zona de aparcamento para 30 viaturas, inseridos num espaço livre, requalificado, a Nascente e a Sul do Novo Pavilhão.